Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

VISITA

Temer chega nesta tarde à Capital para inspecionar Operação Ágata

5 DEZ 11 - 11h:30da redação

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), chega às 13h50min na Base Áerea de Campo Grande. O governador André Puccinelli e o vice-presidente acompanham, a partir das 14 horas, no Comando Militar do Oeste (CMO), as atividades e resultados obtidos pela operação.

A ação militar tem a finalidade de combater crimes como tráfico de drogas e contrabando nas fronteiras com a Bolívia, Paraguai e Peru. A operação está inserida no Plano Estratégico de Fronteiras, lançado em junho passado pelo Governo federal e que tem o vice-presidente como principal coordenador.

Além do vice-presidente, que é o coordenador das operações, a visita será acompanhada também por uma comitiva formada por autoridades civis e militares, entre eles o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, e o da Defesa, Celso Amorim.

A Operação Ágata é o conjunto das Forças Armadas Brasileiras em coordenação com outros órgãos federais e estaduais na faixa de fronteira Oeste para combater delitos transfronteiriços e ambientais.


 


 

De acordo com as informações, além de se reunir com o comando conjunto da Ágata III, que está centralizado em Campo Grande, Michel Temer deve estender a sua viagem ao Mato Grosso, provavelmente à Cáceres, com o mesmo propósito. Ele estará acompanhado do secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Brisolla Ballestreri.

No CMO também está centralizado o Comando da Área de Operações Oeste, encarregado da execução da Ágata III e que é formado pelo general de exército João Francisco Ferreira, do CMO; contra-almirante Márcio Ferreira de Mello, do 6º Distrito Naval de Ladário; e pelo brigadeiro-do-ar Luiz Fernando de Aguiar, comandante da Força Aérea Componente 107.

Nos mesmos moldes da Ágata I, executada na Região Norte, e Ágata II, nas regiões Sul e Centro-Oeste, essa terceira operação está mobilizando cerca de 6,5 mil homens do Exército, Marinha e Aeronáutica, com a missão de combater o tráfico de drogas, contrabando e outros delitos transnacionais e ambientais junto às fronteiras.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Número de empresas e organizações ativas no Brasil cai 0,4% em 2017

Deputados prorrogam votação da LDO-2020
MOROSIDADE

Deputados prorrogam votação da LDO-2020

BRASIL

Organização que fraudava tributos federais é alvo de operação da PF

ECONOMIA

Juros do rotativo do cartão de crédito subiram para 299,8% ao ano

Mais Lidas