Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

Televisão estatal da Síria sofre ataque e sete pessoas morrem

27 JUN 2012Por agência brasil17h:25

A televisão estatal da Síria sofreu hoje (27) um ataque que foi classificado como terrorista pelas autoridades do país. A ação na sede do canal de informação Al Ikhbariya, a 20 quilômetros de Damasco, provocou a morte de sete pessoas: três jornalistas e quatro seguranças. A sede da emissora foi saqueada após o ataque.

Segundo o Ministério da Informação sírio, esta foi uma agressão odiosa contra a liberdade de imprensa. O ministério criticou ainda a União Europeia pelas sanções contra rádios e emissoras de televisão da Síria.

Este foi o primeiro ataque contra uma emissora de televisão oficial na Síria desde o início da revolta contra o regime de Bashar Al Assad em março de 2011.

O ministro da Informação sírio, Omrane Al Zohbi, atribuiu à Liga Árabe a responsabilidade pelo ataque. "Os que cometeram este crime aplicam a decisão da Liga Árabe de calar a voz da Síria".

A Liga Árabe adotou uma resolução para pedir a interdição de utilização dos satélites Nilesat e Arabsat pelos canais oficiais sírios.

O enviado especial para a Síria da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe, Kofi Annan, anunciou hoje que no sábado haverá uma reunião, em Genebra, na Suiça, do Grupo de Ação para a Síria para tentar avançar nas conversas de paz entre o governo sírio e os rebeldes contrários ao governo.

Desde o início dos confrontos entre as forças de segurança de Al Assad e os rebeldes sírios mais de 15 mil pessoas morreram entre civis e militares.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também