Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NEGÓCIOS

Telefônica aposta em dados, banda larga e TV para ampliar receita

Telefônica aposta em dados, banda larga e TV para ampliar receita
26/02/2014 16:15 - FOLHA PRESS


O diretor-geral da Telefônica Brasil, Paulo Cesar Teixeira, disse hoje, durante teleconferência com analistas, que a companhia terá como meta para o ano aumentar a rentabilidade em relação a 2013.

Para isso, a empresa vai reforçar os negócios nas áreas de dados, banda larga e TV por assinaturas. Teixeira estima que esses serviços apresentarão incrementos de receita em 2014, mas não divulga a projeção para o ano.

Em relação à área de telefonia móvel, que responde por 62% da receita total da Telefônica Brasil, Teixeira prevê um crescimento da receita, graças principalmente à demanda crescente por serviços de dados.

O diretor observa, por outro lado, que os serviços de telefonia móvel vão sofrer impacto negativo em receita com a redução de 13% nas tarifas de remuneração das redes móveis, a partir de março.

Outro segmento da telefonia móvel que vai apresentar queda é o de mensagens instantâneas (SMS), serviço que vem sendo substituído por aplicativos gratuitos de troca de mensagens, como o WhatsApp, recentemente adquirido pelo Facebook.

"A redução do mercado de SMS é natural e é esperada para este ano", afirmou Teixeira.
No quarto trimestre de 2013, a receita da companhia com SMS teve queda de 11,3%, para R$ 467,8 milhões. No ano, a receita com SMS cresceu 2,7%, para R$ 1,9 bilhão. A receita com o serviço de telefonia móvel também registrou crescimento no ano passado, de 3,6%, para R$ 11,27 bilhões.

Sem citar números, Teixeira disse que espera, de modo geral, aumento nos resultados deste ano.

Para o ano, a companhia planeja reforçar a oferta de serviços de telefonia móvel, principalmente na parte de dados e outros serviços de maior valor agregado.

Teixeira disse ainda que a companhia vai reforçar a oferta de serviços de TV por assinatura e banda larga de alta velocidade com a ampliação da oferta de planos com uso da rede de fibras ópticas. A expansão do serviço, no entanto, ficará concentrada em São Paulo.
Reestruturação

O presidente do grupo Telefónica, Cesar Alierta, anunciou hoje uma nova reestruturação da companhia, que inclui o fechamento da unidade de negócios que o grupo havia instalado em São Paulo para comandar a região América Latina e a concentração dessa operação na matriz espanhola.

Com a mudança, as sedes corporativas em São Paulo (que administrava as operações da América Latina) e Londres (que concentravam as operações da Telefónica Europa e Telefónica Digital) deixam de existir 

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!