Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SMARTPHONE

Tecnologia faz teclado 'brotar' de tela touch e desaparecer

Tecnologia faz teclado 'brotar' de tela touch e desaparecer
11/01/2014 17:43 - Exame


A empresa norte-americana Tactus Technology promete que sua tecnologia, definida por sites internacionais como pura “mágica”, deve ser lançada este ano para equipar dispositivos móveis como smartphones e tablets. Trata-se de um teclado que surge em telas planas sensíveis ao toque e depois desaparece sem deixar vestígios.

A informação é do site Business Insider, que conversou com o CTO da empresa Micah Yairi durante a Consumer Electronics Show (CES) 2014, em Las Vegas, encerrada ontem.

O vídeo com a demonstração da tecnologia pode ser visto abaixo, e realmente impressiona.

“Quando você termina (de digitar), o teclado se reverte em uma tela plana touchscreen normal”, disse a Wired, antes de complementar que a tecnologia ainda precisa ainda de algum polimento, mas parece “absolutamente mágica”.

A solução pode acabar com a reclamação de parte dos usuários que não se conformam com a perda dos teclados físicos, que permitem maior produtividade para quem digita por horas a fio.

O sistema, porém, tem potencial de agradar até quem não sentia tanta falta assim dos botões, já que, segundo a empresa, “a sensação de tocar é cinco vezes mais rápida que a da visão”.

A solução criada pela empresa pode ser adaptada em qualquer tela sensível ao toque, já que ela simplesmente substitui a camada mais superficial dos dispositivos.

Os botões surgem na tela na hora em que fluídos passam por micro canais e expandem a camada de polímeros, criando o que pode ser visto no vídeo abaixo.

A ideia da Tactus é fazer com que a tecnologia já saia de série em smartphones e tablets no futuro. 

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.