Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

NBA

Técnico proíbe carteado após briga

7 JAN 2011Por ARLINDO FLORENTINO00h:00

Após o entrevero entre os atletas O.J Mayo e Tony Allen, ocorrido na última segunda-feira durante o voo de volta a Memphis, o técnico do Memphis Grizzlies, Lionel Hollins, decidiu suspender, por tempo indeterminado, o carteado dos jogadores durante as viagens da franquia.

De acordo com a mídia local, Mayo estava devendo uma quantia em dinheiro a Allen e se estressou quando, durante um descontraído jogo de cartas, o credor insistiu em lhe cobrar. Após o episódio, os outros atletas do elenco intervieram para apaziguar os ânimos dos dois 'brigões'.

A discussão exaltada ocorreu, por coincidência, após uma vitória sobre o Los Angeles Lakers, atual bicampeão da NBA (Liga Norte-americana). O primeiro voo da equipe será na sexta-feira, quando o time de Memphis irá a Utah encarar o Jazz, franquia da cidade. Atualmente, o Grizzlies ocupa a modesta décima posição da Conferência Oeste, com 15 vitórias e 19 derrotas.

Quase um ano atrás, a principal liga da bola laranja viveu um caso semelhante. Gilbert Arenas e Javaris Crittenton, na ocasião atletas do Washington Wizards, chegaram a levar armas de fogo ao vestiário para resolverem uma dívida de jogos. A atitude descabida teve de ser julgada nos tribunais norte-americanos.
 

Leia Também