Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PROBLEMAS EXTRACAMPO

Técnico explica má fase de Neymar no Barcelona

Técnico explica má fase de Neymar no Barcelona
16/03/2014 00:00 - band


O técnico do Barcelona, o argentino Gerardo Martino, declarou neste sábado, na véspera da partida contra o Osasuna, pela 28ª rodada do Campeonato Espanhol, que o baixo rendimento de Neymar com o clube nas últimas semanas está ligado, em parte, a motivos alheios ao futebol.

“Quando volta a jogar depois de um mês lesionado, é sempre complicado reencontrar o ritmo de jogo, e logo em seguida apareceram vários inconvenientes em relação à sua contratação. Se tivesse que escolher um motivo para explicar alguma baixa de rendimento, falaria no extra-esportivo”, explicou o treinador.

A justiça espanhola indiciou o Barça por suposto crime fiscal na contratação do brasileiro junto ao Santos, escândalo que acabou causando a renúncia do presidente do clube, Sandro Rosell.

Martino descartou que as mudanças de posicionamento em campo tenham afetado o jogo do atacante. Quando joga ao lado de Lionel Messi, Neymar costuma atuar na ponta esquerda, mas ele jogou mais centralizado quando o argentino esteve lesionado, no fim do ano passado.

"Sua posição em campo nem mudou tanto. Ele teve boas atuações tanto como ponta esquerda quanto como atacante. Contra o Manchester City (na Liga dos Campeões), atuou até na ponta direita e foi muito bem. Ele não tem problemas para se adaptar a diferentes posições", acrescentou Martino.

Terceiro colocado do Campeonato Espanhol a quatro pontos do líder Real Madrid, o Barça não tem direito ao erro neste domingo no Camp Nou, se quiser estar em boa posição na hora de visitar o arquirrival na semana que vem, no clássico que pode decidir o título.

"Vejo o jogo contra Osasuna como uma final, para que ainda possamos ter boas chances antes de enfrentar o Real. Eles deram trabalho a todos, principalmente aos time de ponta. Por isso esperamos uma partida complicada, vamos ter muito trabalho", completou.

No primeiro turno, foi justamente contra o time de Pamplona que o Barça deixou escapar os primeiro pontos da temporada, ao empatar sem gols em outubro, depois de iniciar sua campanha com oito vitórias seguidas.

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.