Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

Técnico descarta volta de Iziane à seleção de basquete

15 JUN 2008Por 22h:03
     

        Da redação

        O técnico Paulo Bassul descartou o retorno da ala Iziane à Seleção Brasileira para os Jogos Olímpicos de Pequim. Neste domingo, a equipe garantiu sua vaga ao vencer Cuba por 72 a 67 no Torneio Pré-Olímpico Mundial.

        Em entrevista à ESPN Brasil, o treinador afirmou que a jogadora, cortada por indisciplina na última sexta-feira, não fará mais parte da equipe enquanto ele estiver no comando. Um dia antes, a própria atleta também havia assegurado que não retornaria ao time enquanto Bassul estivesse lá.

        As afirmações contundentes encerram as possibilidades de reintegração que ainda existiam pouco após sua exclusão na sexta-feira. Horas após o corte, o treinador havia dito que, apesar de sua saída não ter volta naquele momento, o assunto ainda seria estudado pela comissão técnica. "Não é coisa pessoal, é com o Brasil, com o time. Ela errou feio", disse.

        Reposicionado em relação à ala, Bassul confirma que há chances de duas outras titulares que não jogaram em Madri voltarem: Érika e Adrianinha. A pivô pediu dispensa por causa de uma fratura por estresse no pé, enquanto Adrianinha justificou sua solicitação por problemas pessoais.

        "Ainda não quero falar sobre isso porque tenho de discutir com a comissão. Não estou fechando portas para quem quer vestir a camisa com amor, mas temos de sentar e conversar", declarou. (informações do Terra)

        
        

Leia Também