Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Táxis são principal reclamação dos turistas em Salvador

Táxis são principal reclamação dos turistas em Salvador
05/03/2014 22:00 - Folhapress


O serviço prestado pelos taxistas foi o principal alvo de reclamações do folião no Carnaval de Salvador. Das cerca de 600 reclamações registradas pelo aplicativo Reclame Turismo, criado pela Secretaria de Turismo da Bahia, 60% citaram abusos e má conduta desses profissionais.

As principais queixas dos foliões foram de taxistas que cobravam preços acima do marcado no taxímetro e profissionais que recusavam corridas para clientes que iriam para bairros próximos ao circuito.

A fiscalização, coordenada pela Prefeitura de Salvador, resultou na apreensão de 54 táxis durante os sete dias de festa na capital baiana. Dez deles foram multados e guinchados por recusarem passageiros, e o restante por fazer corridas com o taxímetro desligado.

O secretário estadual de Turismo, Pedro Galvão, afirmou que os dados são preocupantes e cobrou uma ação mais efetiva da prefeitura para que o problema não se repita na Copa do Mundo. E defendeu uma tabela de preços especial para taxistas durante grandes eventos.

Frota Insuficiente

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse que os casos de má conduta dos taxistas foram pontuais, mas garantiu que a prefeitura vai intensificar ações de fiscalização e de conscientização dos profissionais.

ACM Neto também admitiu que a atual frota de táxis de Salvador, de cerca de 7.000 veículos, é insuficiente para atender a demanda do público durante a festa.

Diante da demanda maior que a oferta, a prefeitura autorizou a circulação de mototaxistas durante o Carnaval. A profissão, contudo, não é regulamentada na capital baiana.
 

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.