Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

INflação

Taxa usada no reajuste de aluguel teve alta

19 JUL 2012Por AGÊNCIA BRASIL09h:15

A segunda prévia de julho do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, teve alta, ao registrar inflação de 1,11%. Na segunda prévia de junho, a taxa havia ficado em 0,63%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A inflação acumulada em 12 meses chega a 6,43%.

A alta foi impulsionada pelo aumento nas taxas dos subíndices de Preços ao Produtor Amplo e de Preços ao Consumidor. A inflação dos preços ao produtor passou de 0,65% na segunda prévia de junho para 1,45% em julho, com destaque para a alta nos combustíveis, cuja taxa subiu de –0,23% para 5,15%.

Os preços ao consumidor tiveram um aumento de preços de 0,23% na segunda prévia de junho, superior ao 0,14% do mês anterior. O destaque ficou com os alimentos, cuja inflação passou de 0,55% para 0,88%.

Em sentido oposto, o Índice Nacional de Custo da Construção, terceiro subíndice que compõe o IGP-M, apresentou, na segunda prévia de julho, uma inflação de 0,91%, inferior ao 1,58% do mês anterior. A segunda prévia do IGP-M de julho foi calculada com base em preços coletados entre os dias 21 de junho e 10 de julho.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também