quarta, 18 de julho de 2018

Taxa de juros à pessoa física cai ao menor nível desde 1995

9 SET 2010Por 16h:15
     

A taxa média de juros para pessoa física caiu em agosto e atingiu o menor nível desde 1995. A taxa foi reduzida em 0,10 ponto percentual de julho para agosto e passou para 6,75% ao mês (118,99% ao ano). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

A menor taxa para pessoa física em agosto ficou com o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) dos bancos, que caiu de 2,46% ao mês em julho para 2,37% mês passado. Em seguida, aparecem os empréstimos pessoais em bancos (4,73% ao mês), os juros cobrados pelo comércio (5,68% ao mês), o cheque especial (7,45% ao mês), empréstimos pessoais em financeiras (9,6% ao mês) e, o mais caro, o cartão de crédito (10,69% ao mês).

A título de comparação, a taxa Selic de agosto ficou em 0,88% ao mês e a inflação pelo IPC da Fipe foi de 0,17% em 30 dias.

Para pessoa jurídica, toda as linhas pesquisadas reduziram as taxas em agosto. A taxa média geral apresentou uma redução de 0,03 ponto percentual, para 3,82% ao mês (56,81% ao ano).

Segundo a Anefac, desde janeiro houve uma elevação da taxa de 2 pontos percentuais na taxa Selic. Neste período a taxa de juros média para pessoa física apresentou uma redução de 2,97 pontos percentuais. Nas operações de crédito para pessoa jurídica houve uma elevação de 0,72 ponto percentual.

Leia Também