Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

cenário favorável

Taxa de desemprego é a menor desde 2002

26 NOV 2010Por Flavio Leonel (AE)05h:15

As boas condições da economia trouxeram em outubro, mais uma vez, a taxa de desemprego no País para o nível mais baixo da série histórica e este cenário favorável deve ser mantido em novembro e dezembro. A avaliação é do economista-chefe da Máxima Asset Management, Elson Teles, que prevê uma taxa de 6% da População Economicamente Ativa (PEA) para novembro e outra, de 5,5%, para dezembro. "Os números devem continuar recuando, por conta de fatores sazonais", comentou, referindo-se ao período tradicional de maior aquecimento de vários setores da economia no final do ano.

Nesta quinta-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a taxa de desemprego no País, sem a retirada dos fatores sazonais, atingiu 6,1% da PEA em outubro. Além de representar o menor número da série histórica iniciada em 2002 pelo instituto, a taxa ficou dentro das expectativas dos economistas do mercado financeiro.

"Este resultado gerou uma queda na taxa de desocupação com ajuste sazonal de 6,4%, em setembro, para 6,3% em outubro, situação que sugere taxa de desemprego abaixo da considerada natural ou não inflacionária. Ressalte-se que o IBGE não divulga a série com ajuste sazonal, mas o BC faz o cálculo", chamou a atenção o economista.

Leia Também