Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Tarifa de ônibus será definida até o dia 20

4 FEV 10 - 23h:18
A Agência Municipal de Trânsito (Agetran) e a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados devem finalizar, até o dia 20 deste mês, a planilha de custos que vai determinar o reajuste anual da tarifa do transporte coletivo urbano de Campo Grande. Segundo Rudel Espíndola Trindade Júnior, diretor da Agetran, o prazo estabelecido para o reajuste é sempre o 1º dia de março. Por isso, a administração municipal já trabalha no levantamento dos custos para que a tarifa seja definida. “Começamos a coletar dados dos insumos que compõem a tarifa, como o preço do óleo diesel, pneu, preço de carrocerias e chassis dos veículos”, informou Rudel. O prefeito da Capital, Nelson Trad Filho, afirmou ontem que deve começar a analisar o reajuste da tarifa somente depois do dia 15. O diretor da Agência Municipal de Serviços Delegados, Marcelo Amaral, explica que a tarifa do transporte coletivo de Campo Grande é adequada às necessidades do município. Tanto ele quanto o diretor da Agetran, Rudel Trindade Júnior, informaram que a comparação do preço da passagem de Campo Grande com o de outras cidades não pode ser levada em conta, porque cada localidade tem características diferentes, que contribuem para o preço do transporte. Atualmente, na comparação das Capitais, o preço da passagem de Campo Grande está em segundo lugar ao lado de outras cidades, ficando atrás apenas da capital paulista, onde a passagem custa R$2,70, de acordo com a Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP).
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação
FELIZ ANIVERSÁRIO

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação

Diretor de presídio federal diz que Name não precisa de ajuda
CRIME ORGANIZADO

Diretor de presídio diz que Name não precisa de ajuda

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância
BRASÍLIA

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância

Deputados cobram vistoria <br>contra incêndio em hospitais
RISCOS

Deputados cobram vistoria contra incêndio em hospitais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião