Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

ordem

Talabani não autorizará a morte de Aziz

18 NOV 2010Por AGÊNCIA ESTADO, PARIS01h:20

O presidente do Iraque, Jalal Talabani, disse ontem que nunca firmará a ordem de execução do ex-vice-primeiro-ministro Tariq Aziz do governo de Saddam Hussein. No mês passado, Aziz foi condenado à morte por um tribunal iraquiano.

“Não, eu não vou firmar esse tipo de ordem porque eu sou um socialista”, argumentou Talabani, um curdo, em entrevista à emissora de TV France 24. “Eu lamento por Tariq Aziz, porque ele é um cristão iraquiano, e ele também é uma pessoa idosa, com mais de 70 anos. Por isso que eu nunca vou assinar essa ordem de execução.”

Um tribunal iraquiano condenou Aziz à morte por seu vínculo com a campanha liderada pelo ex-ditador Saddam Hussein, que perseguiu e executou membros do xiita Partido Dawa, que tem hoje entre seus quadros o primeiro-ministro Nouri al-Maliki.

Algumas autoridades ocidentais, incluindo o chanceler italiano Franco Frattini, pediram ao Iraque que cancele a pena de morte para Aziz. Talabani estava em Paris para um encontro da Internacional Socialista.

O governo francês se disse “encantado” com a decisão de Talabani, disse o porta-voz da chancelaria da França, Bernard Valero.

Leia Também