Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

Suspeito de fraudar transplantes está na mira da Procuradoria

8 AGO 2008Por 09h:00
     

 

 

A Procuradoria Regional da República encaminhou ontem (7), parecer ao Tribunal Regional Federal pedindo o indeferimento do habeas corpus do médico Joaquim Ribeiro Filho, suspeito de comandar um esquema de fraude na fila de transplantes de fígado do Rio.

A Procuradoria defende que seja mantida a prisão do cirurgião para que as investigações não sejam prejudicadas e para garantir o andamento da ação. Após o envio do parecer, o Tribunal vai decidir sobre o mérito do habeas corpus, ou seja, quando há uma decisão em definitivo sobre o pedido do médico.

 

Com informações do site G1

Leia Também