Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Tijuca

Suspeito de assalto a prédio de luxo no Rio é preso

15 MAI 2011Por FOLHA17h:42

Um dos cinco homens que assaltaram um prédio de luxo localizado na Tijuca, zona norte do Rio, foi detido por volta das 17h pela polícia após tentar fugir em um táxi. Desde que a polícia chegou ao local do crime, no início da tarde deste domingo, o suspeito estava escondido dentro do edifício.

O homem saiu pela porta da frente do prédio, mas foi reconhecido por um dos moradores assaltados. Imediatamente, a polícia começou uma perseguição ao táxi que o suspeito havia tomado e o prendeu em poucos minutos. Inicialmente acreditava-se que os cinco assaltantes haviam fugido.

Ele e mais quatro homens fizeram, por volta das 13h deste domindo, um arrastão dentros dos apartamentos do edifício. A Polícia Militar foi acionada por moradores e houve troca de tiros entre policiais e assaltantes. Na ação, um policial, conhecido como "Mileze", levou quatro tiros e foi encaminhado ao Hospital da Polícia Militar.

O crime teve início num assalto a um dos moradores do edifício Ilha de Capri. A vítima parou seu carro, um Honda Civic branco, no bairro da Lagoa, quando foi abordada pelos assaltantes e obrigada a entrar no carro. Os suspeitos o mantiveram refém e exigiram que ele voltasse ao seu prédio, com o objetivo de lhe roubar outros pertences.

Ao chegarem ao edifício, os suspeitos entraram em outros apartamentos e anunciaram o assalto. Moradores perceberam o movimento estranho e chamaram a polícia, que chegou ao local no momento em que os assaltantes tentavam fugir pelos fundos do prédio.

Após troca de tiros, alguns suspeitos conseguiram fugir no carro da primeira vítima, abordada na região da Lagoa.

A Polícia Militar ainda realiza buscas no morro da Formiga, que fica ao lado do prédio onde houve o arrastão, na tentativa de localizar os suspeitos. O policial ferido foi encaminhado ao Hospital da Polícia Militar e, até agora, não se sabe seu estado de saúde. O caso está sendo registrado na 19ª Delegacia de Polícia, na Tijuca.

Leia Também