domingo, 15 de julho de 2018

Suspeito confessa ter matado cartunista e o filho dele

15 MAR 2010Por 08h:13
     

        O estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos, preso no fim da noite de domingo (14) em Foz do Iguaçu, no Paraná, por suspeita de matar o cartunista Glauco Vilas Boas e seu filho Raoni, confessou o crime em depoimento à Polícia Federal. De acordo com o delegado Josiel Iegas, ele também confessou sua intenção de fugir para o Paraguai. O estudante foi preso quando tentava atravessar a Ponte da Amizade, fronteira entre o Brasil e o Paraná. A transferência de Carlos Eduardo, também conhecido como Cadu, não deve ser imediata. ?Ele vai responder por tentativa de homicídio aqui, e permanece há disposição da Justiça Federal. Aguardamos uma decisão judicial para saber se ele fica no Paraná ou será transferido para São Paulo?, explicou o delegado. 

        Com informações do site G1

         

Leia Também