sábado, 21 de julho de 2018

SUS amplia oferta de vacina contra a hepatite B

21 MAR 2010Por 11h:37
     

        A partir deste mês, a vacina contra a hepatite B será estendida para cerca de 60 mil salas de vacina do Sistema Único de Saúde (SUS), com foco em populações mais vulneráveis. Além da ampliação do acesso, outros grupos prioritários foram incorporados, entre eles caminhoneiros, portadores de doenças sexualmente transmissíveis e gestantes. Manicures, pedicures e podólogos também estão no rol dos novos beneficiados, assim como lésbicas, bissexuais, transgêneros e pessoas que vivem em assentamentos e acampamentos.

         

        A hepatite viral B é transmitida pelo sangue, esperma e secreção vaginal. Pode ocorrer pela relação sexual desprotegida ou pelo compartilhamento de objetos contaminados, como: lâminas de barbear e de depilar, escovas de dente, equipamentos de manicures e podólogos, materiais para colocação de piercing e para confecção de tatuagens.

Leia Também