Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Música de MS

Surfistas de Trem celebrará o som autoral no MS Canta

7 MAR 14 - 00h:00Oscar Rocha

A banda ponta-poranense Surfistas de Trem, que se apresenta domingo, às 17h30min, no Parque das Nações Indígenas, no Projeto MS Canta Brasil, promete repertório autoral e também covers de canções feitas por músicos de Mato Grosso do Sul – Simona, Curimba, Jerry Espíndola, entre outros – na abertura do show do músico Humberto Gessinger – ex-Engenheiros do Hawaii. “Também colocaremos no repertório uma música de Tim Maia, da fase ‘Racional’”, antecipa o vocalista do Surfistas de Trem, João Caentano.

Em breve, a banda inicia a gravação do primeiro álbum oficial, que terá como título “Moderna música da fronteira”.

Para João Caetano, a abertura do show de Humberto Gessinger é um fato importante para trajetória da formação. “Mesmo não sendo um artista que tenha me influenciado muito, reconheço a importância dele para o rock nacional. Um ponto similiar entre a trajetória da banda dele e a nossa é a valorização do local de onde saiu. No caso dos Engenheiros, a ligação forte é com o Sul do País; no nosso caso, a fronteira Brasil/ Paraguai. Sem conta o lance ideológico nas letras do Humberto e também nas nossas”, destaca o vocalista. A banda Surfistas de Trem apresenta-se ainda no sábado no Lendas Pub, às 22h. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SELIC

Taxa básica de juros cai para 5,5% ao ano

Selic está no menor nível desde o início da série histórica
Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais
FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA

Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies
VENDA DE VAGAS

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies

Pagamento de dívidas é principal destino para saque do FGTS
SAQUE DO FGTS

Sul-mato-grossense quer usar R$ 500 para reformas e viagens

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião