Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Senado

Supremo nega recurso sobre veto a supersalário

2 JAN 14 - 00h:00folhapress

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) José Antonio Dias Toffoli negou nesta semana liminar que contestava decisão da corte de regularizar a remuneração de servidores do Senado que receberam salários acima do teto constitucional nos últimos cinco anos.

Decisão do TCU (Tribunal de Contas da União) obrigou em outubro passado Câmara e Senado a acabaram com os supersalários.

As duas Casas acataram a orientação do tribunal e obrigaram os servidores a ganharem, no máximo, o teto de R$ 28 mil do funcionalismo público. Mas os servidores do Senado decidiram recorrer do restante da decisão.

Em outubro ainda, o Sindilegis (Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo) ingressou com mandado de segurança para suspender decisão que obrigava 464 servidores do Senado a devolverem aos cofres públicos o dinheiro.

A entidade alega que os valores foram pagos como horas extras e gratificações e que, por isso, não deveriam ser computados como salário regular.

Toffoli justificou o indeferimento ao afirmar que o não recebimento desses bônus não implicaria em perdas salariais. "A efetivação da medida não implicará supressão do pagamento de remuneração ou pensão, mas, sim, de parcela que exceda o valor do subsídio mensal, em espécie e atualmente em vigor, dos ministros do Supremo Tribunal Federal, ou seja, R$ 28.059.28", disse.

Decisão semelhante já havia sido tomada em relação aos supersalários na Câmara, desta vez pelo ministro ministro Marco Aurélio Mello. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ANOS 90

Com torneio como opção por vagas no Mundial, CBF é contra volta da Supercopa

Torneio reunia os campeões da Copa Libertadores
ESTADOS E MUNICÍPIOS

Bolsonaro sanciona lei que divide recursos do megaleilão do petróleo

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura
GOVERNO PRESENTE

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita
PRAIAS DO NORDESTE

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião