Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Supremo arquiva ação contra Clodovil por crime ambiental

12 JUN 2008Por 19h:10
     

O Supremo Tribunal Federal arquivou uma ação penal e absolveu o deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP) de uma acusação de crime ambiental, nesta quinta-feira (12). Clodovil era acusado de cometer o delito na área conhecida como Sertãozinho do Léo, na cidade de Ubatuba (SP). Constava, no processo, que ele "suprimiu vegetação capoeira em estágio inicial e aterrou o local por meio de terraplanagem".
        
        Os ministros seguiram parecer do procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, que defendeu a absolvição do deputado por entender que a área afetada foi de pequena extensão. A ação contra o deputado foi proposta em 2003 pelo Ministério Público do Estado de São Paulo. O processo chegou ao Supremo porque Clodovil ganhou foro privilegiado ao ser eleito deputado, em 2006.

 

Fonte: G1

Leia Também