segunda, 16 de julho de 2018

Suiça declara brasileira como suspeita de falso testemunho

18 FEV 2009Por 08h:50
     

        A brasileira Paula Oliveira foi declarada oficialmente nesta quarta-feira como suspeita de ter dado falso testemunho à polícia de Zurique sobre supostos ataques sofridos por neonazistas na semana passada. A suspeita ocorre por ela ter alegado estar grávida, quando exames provaram o contrário. O anúncio será feito pelo Ministério Público local na tarde de hoje. A Justiça vai intimar Paula para que preste depoimento e após ouví-la deverá liberá-la para que retorne ao Brasil. Segundo a Procuradoria-Geral de Zurique, um advogado já foi indicado para defender Paula e ela aceitou a oferta.

        Com informações do Estadão
        

Leia Também