terça, 17 de julho de 2018

Suécia autoriza a realização de eutanásia

5 MAI 2010Por 22h:00
     

                        Uma mulher de 32 anos totalmente paralisada morreu nesta quarta-feira, na Suécia, após o desligamento do aparelho respiratório que a mantinha viva, anunciou o hospital, reconhecendo o primeiro caso de de eutanásia no país.

                        "A paciente, que havia pedido o desligamento do aparelho em carta enviada à Direção Nacional de Saúde, morreu às 15H33 GMT (12H33 Brasília), após ter o sistema de respiração artificial desconectado", declarou à AFP Annakarin Svenningsson, porta-voz do hospital de Danderyd, em Estocolmo.

                        Com informações do site G1

Leia Também