Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

COLÔMBIA

Substituto de Ganso define, e Santos bate Once Caldas

11 MAI 2011Por TERRA23h:38

O Santos ignorou a maratona recente de jogos, o cansaço das viagens e o desfalque do meia Paulo Henrique Ganso nesta quarta-feira e conseguiu um importante resultado em Manizales. Com gol de Alan Patrick, a equipe de Muricy Ramalho derrotou os colombianos do Once Caldas por 1 a 0, no Estádio Palogrande, e pode jogar até por um empate na semana que vem em São Paulo para se classificar às semifinais da Copa Libertadores da América.

Ganso, afastado por pelo menos quatro semanas com uma lesão na coxa direita, viu seu substituto brilhar no jogo de ida da fase de quartas. O gol que decretou a vitória santista contra os carrascos do Cruzeiro nas oitavas foi marcado por Alan Patrick aos 42min do primeiro tempo, após receber de Neymar e bater colocado para as redes.

Antes de realizar o jogo de volta contra o Once Caldas na próxima quarta-feira, no Pacaembu, o Santos tem importante compromisso domingo, na Vila Belmiro: a segunda partida da final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians. No primeiro duelo, os rivais alvinegros empataram por 0 a 0 na capital.

Os 45 minutos que abriram as quartas de final da Libertadores entre Once Caldas e Santos apenas não foram completamente mornos por conta de dois momentos isolados: aos 5min, quando as duas equipes tiveram boas oportunidades em seguida, e aos 42min, no instante em que Alan Patrick inaugurou o placar em Palogrande.

O time da assustou primeiro, com o atacante Wason Rentería. O jogador ex-Internacional e Atlético-MG se posicionou bem na área para acertar um peixinho após cruzamento do meia uruguaio Matías Mirabaje. A bola passou por cima, mas muito perto do travessão de Rafael.

A resposta santista veio no lance seguinte, quando Neymar tabelou com Zé Eduardo, invadiu a área e bateu de canhota, para fora, com muito perigo. Em um primeiro tempo de pouca inspiração de duas equipes, os colombianos tiveram uma boa oportunidade aos 38min, quando Mirabaje puxou contragolpe: entretanto, em vez de tentar o passe, o meio-campista do Once Caldas preferiu finalizar de longa distância e mandou para longe.

Quem soube tirar melhor proveito de um contra-ataque foi o Santos. Atuando na função do lesionado Ganso, Alan Patrick recebeu de Neymar na área e finalizou na saída do goleiro Luis Enrique Martínez, marcando um importante gol para a equipe de Muricy Ramalho aos 42min.

Alan Patrick teve outra grande oportunidade para ampliar o marcador logo aos 2min do segundo tempo. Após receber de Léo, o camisa 25 dominou, driblou um marcador já dentro da área e chutou cruzado, mas Martínez conseguiu espalmar e evitar o segundo tento santista.

Os representantes brasileiros não recuaram na etapa final e conseguiram manter a posse de bola no campo ofensivo. Tanto que, aos 14min, o Once Caldas perdeu o lateral Elkin Calle, que agarrou Neymar, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Seis minutos depois, Elano cobrou falta da entrada da área e acertou um chute forte na forquilha do gol de Martínez.

Alan Patrick deixou o campo com câimbras e deu lugar a Felipe Anderson aos 29min, e o Once Caldas teve aos 31min a sua melhor chance na partida. Rentería se livrou de Edu Dracena e bateu rasteiro no canto, mas Rafael se esticou para espalmar e evitar o empate colombiano. Um minuto depois, o atacante Dayro Moreno também teve boa oportunidade, mas Dracena se atirou na frente da bola para bloquear a finalização.

O final de partida seguiu bastante movimentado, e Neymar tentou surpreender o goleiro adversário com um chute colocado aos 34min, mas a bola saiu sem força e foi facilmente defendida. O Once Caldas continuou dando trabalho para a defesa santista, principalmente com Rentería.

Apesar da pressão dos anfitriões, o Santos conseguiu se segurar até o apito final e comemorar a vitória na Colômbia. O único motivo de preocupação foi Neymar, que recebeu uma pancada no último minuto de jogo e deixou o campo carregado com dores.

 

Once Caldas 0 x 1 Santos

Gols
Santos:
Alan Patrick, aos 42min do 1º tempo

Once Caldas: Luís Enrique Martínez; Elkin Calle, Diego Amaya, Alexis Henríquez e Luis Alberto Núñez; Harrison Henao, Alexánder Mejía, Matías Mirabaje (Yedinson Palacios) e Dayro Mauricio Moreno; John Pajoy (Mario González) e Wason Rentería. Técnico: Juan Carlos Osorio.

Santos: Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo (Alex Sandro); Adriano, Danilo, Elano (Bruno Aguiar) e Alan Patrick (Felipe Anderson); Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Muricy Ramalho.

Cartões amarelos
Once Caldas: Calle, Palacios
Santos: Rafael, Zé Eduardo

Cartões vermelhos
Once Caldas: Calle

Árbitro
Juan Soto

Local
Estádio Palogrande, em Manizales (COL)

 

Leia Também