Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Submarino que foi ao Titanic tentará achar caixa-preta

4 JUN 2009Por 08h:30
     

 

O submarino Nautile, primeiro a chegar aos destroços do navio Titanic, em 1985, a mais de 3,5 quilômetros de profundidade abaixo da ilha canadense de Newfoundland, deve chegar ao Brasil em oito dias a bordo do navio de exploração Pourquai Pas. O equipamento, de propriedade do Instituto Francês de Pesquisas para a Exploração do Mar, tem capacidade para navegar a profundidades de 6 quilômetros. É o bastante para atuar na região da cordilheira dorsal meso-oceânica na qual destroços do Airbus da Air France foram encontrados, a cerca de 1,2 mil quilômetros do Recife, com abismos que variam de 2 a 4 quilômetros. Ele vai ficar à disposição do núcleo de coordenação do Estado-Maior das Forças Armadas da França para atuar na operação.

 

Os trabalhos de busca irão levantar as condições meteorológicas e oceanográficas nas seis horas que se seguiram ao acidente com o voo 447, tempo suficiente para os destroços do avião repousarem no fundo do oceano. Com os dados sobre as correntes marítimas e submarinas nesse período, um software definirá a área na qual deve estar a caixa-preta, espaço a ser rastreado metro por metro pelos submarinos robóticos de última geração usados na busca do equipamento.

 

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Leia Também