Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Submarino invade competição de iatismo na Argentina

11 FEV 14 - 07h:00epocanegocios

Um submarino da Armada argentina invadiu uma competição de iatismo entre meninos de 12 a 15 anos no litoral atlântico, mas não deixou nenhum ferido e nem maiores danos, confirmou nesta segunda-feira o Ministério de Defesa do país.

O incidente ocorreu na última quinta-feira, quando um submarino da Armada navegava próximo ao litoral de Mar del Plata, situado a cerca de 400 quilômetros ao sul de Buenos Aires, onde acontecia uma competição de iatismo. Por conta da surpreendente presença do submarino, a prova foi suspensa para evitar possíveis incidentes.

"Ao se aproximar da zona do canal navegável, para entrar no porto de Mar del Plata, foram avistadas pequenas embarcações pertencentes a uma regata esportiva. A passagem do submarino foi suspensa imediatamente por precaução", explicou hoje o Ministério da Defesa em comunicado.

Após obter autorização, o submarino seguiu em direção à doca correspondente. Apesar de nenhum dos 150 competidores ter se machucado, os organizadores suspenderam a prova e, posteriormente, exigiram explicações à Armada.

"Cabe destacar que o submarino sempre navegou em superfície e na velocidade de manobra (nunca aconteceu a imersão). Além disso, em nenhum momento existiu risco de colisão, tendo em vista que não foram registrados danos pessoais e nem materiais na tal manobra", concluiu o ministério da Defesa.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

SAÚDE

Bolsonaro será avaliado em Brasília pela equipe médica antes de viagem a NY

DOLEIRA

TRF-4 nega recursos da União para blindar R$ 43 mi de delatora da Lava Jato

BRASIL

Relatório da indicação de Aras à PGR deve ficar pronto até terça

INTERIOR

Suspeitos invadem fazenda e abatem vaca prenha

Funcionário encontrou apenas cabeça e vísceras do animal

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião