segunda, 16 de julho de 2018

STJ indefere pedido de habeas corpus de Arruda

5 MAR 2010Por 07h:23
     

        O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), vai permanecer preso na Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Ele sofreu nesta quinta-feira, 4, uma derrota esmagadora no pedido de habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF). Somente o ministro José Antonio Dias Toffoli votou a favor de livrar o governador da prisão preventiva. A decisão dos ministros do tribunal e a abertura de processo de impeachment pela Câmara Legislativa reforçam a pressão para que Arruda adote o caminho radical: renunciar ao mandato e pedir a revogação da prisão ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), responsável pelo cárcere.

        Com informações do Estadão

Leia Também