quinta, 19 de julho de 2018

INVESTIGAÇÃO

STF recebe denúncia contra senador por falsificação de documentos

11 NOV 2010Por AGÊNCIA BRASIL18h:52

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (11), por 6 votos a 2, abrir ação penal contra o senador Valdir Raupp (PMDB-RO), reeleito para um novo mandato nas eleições deste ano. O parlamentar será investigado por suspeita de falsificação de documentos eleitorais para inclusão de uma doação de campanha inexistente.

A ação julgada hoje pelo STF refere-se irregularidade ocorrida durante as eleições para o governo de Rondônia, em 1998. Segundo denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), a prestação de contas da campanha, assinada por Raupp, traz doação de mais de R$ 94 mil da empresa Análise Construções e Serviços Ltda. Entretanto, a empresa negou ter doado esse valor.

A informação foi confirmada pela Receita Federal. A empresa, segundo a Receita, não teve qualquer movimentação financeira no período mencionado na prestação de contas. Durante o inquérito, o senador também não apresentou qualquer recibo que comprovasse a doação.

 Raupp responde a pelo menos mais duas ações penais no Supremo, além de ter seu nome envolvido em inquéritos sobre crimes de improbidade administrativa e lavagem de dinheiro. Em agosto deste ano, o senador virou réu em uma ação penal que apura a prática de crimes contra o sistema financeiro nacional por desvio da aplicação de verbas.

Leia Também