Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

Stallone dá calote de R$ 3,8 milhões em brasileiros, diz produtora

4 AGO 2010Por 14h:00
     

A O2, produtora de "Cidade de Deus" e "Ensaio sobre a Cegueira", acusa o ator Sylvester Stallone de não ter pago R$ 3,8 milhões por serviços prestados em "Os Mercenários", filme que entra em cartaz no Brasil no dia 13.

Veja fotos da estreia do filme

A produtora de Fernando Meirelles diz que desde o ano passado "aguarda ser ressarcida pelas despesas realizadas" na megaprodução estrelada e dirigida pelo astro de "Rambo" e "Cobra" e que conta no elenco com nomes de peso como Arnold Schwarzenegger, Jason Statham e Bruce Willis.

O longa, que acompanha um grupo de caçadores de recompensas à procura de um ditador sul-americano, teve parte das filmagens ambientada no Rio, onde foi firmada a parceria com a 02.

Em junho do ano passado, a coluna "Mônica Bergamo", da Folha, já havia noticiado que muitos brasileiros ainda não haviam recebido cachê pelo trabalho realizado nas filmagens. À época, o atraso foi atribuído ao fato de o responsável pelas contratações ter ficado doente.

Divulgação

Sylvester Stallone entre Jason Statham (à esq.) e Randy Couture em cena do filme "Os Mercenários"

A assessoria da O2 Filmes não informou se a produtora pretende acionar a Justiça para cobrar a dívida de Stallone.

Na última edição da Comic-Con, evento de quadrinhos e cultura que ocorreu no mês passado nos EUA, o ator zombou da receptividade brasileira ao afirmar que se poderia explodir o país inteiro e, ainda assim, ouvir um "obrigado" e receber um macaco de presente.

O comentário gerou uma mobilização negativa dos usuários do Twitter e forçou o astro a pedir desculpas.

Leia Também