Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

Sport vence e deixa Portuguesa próximo da degola

15 JUL 2012Por TERRA19h:50

O Sport derrotou a Portuguesa por 2 a 1 neste domingo. O segundo gol foi marcado pelo estreante Gilberto, que veio do Internacional. Com o resultado, o time recifense foi a 12 pontos e assumiu a 11ª posição da Série A do Campeonato Brasileiro.

Já o clube paulistano, que não vence há três rodadas, se aproximou da zona do rebaixamento. Com oito pontos somados, a Portuguesa tem apenas um a mais que o Coritiba, primeiro integrante da temida parte debaixo da classificação.

Na quarta-feira, o Sport tentará prolongar a ascensão em Porto Alegre, contra o Grêmio. Enquanto isso, os comandados do técnico Geninho buscarão afastar a má fase recebendo o Cruzeiro, em São Paulo.

O jogo

Jogando com o apoio da torcida, o Sport tomou a iniciativa e inaugurou o placar no início do confronto. Aos 15 min, o atacante Henrique, revelado pelo São Paulo, chutou de fora da área e anotou o primeiro gol pela equipe pernambucana. A bola desviou no zagueiro Rogério e dificultou a ação do goleiro Dida, que nada pôde fazer.

A Portuguesa, mesmo com o gol tomado, não desanimou. Além de criar algumas jogadas, quase igualou na marca dos 33 min, quando Moisés arriscou de longe e quase surpreendeu o arqueiro Magrão, que espalmou e evitou o empate na primeira etapa.

A partida ficou mais movimentada no segundo tempo. Aos 11 min, Moisés cruzou e Ananias cabeceou. Magrão pulou e novamente salvou os nordestinos. No minuto seguinte, o time anfitrião respondeu com um contra-ataque. Após boa trama, Gilberto ajeitou para Marquinhos Gabriel, que bateu rasteiro nas mãos de Dida.

Aos 23 min, porém, as redes voltaram a ser balançadas. Após confusão na área, Gilberto, que teve boa passagem pelo rival Santa Cruz antes de ir para o Internacional, ampliou. O gol, no entanto, foi festejado por pouco tempo.

Três minutos depois, Moisés emendou outro chute e desta vez acertou o ângulo da meta pernambucana. O tento animou os paulistas, que criaram chances reais de igualar o marcador, mas pararam no goleiro Magrão.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também