Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FIM DO JEJUM

Sport aproveita ausência de astros e bate Santos

2 SET 12 - 17h:27TERRA

Depois de 11 rodadas de jejum, o Sport voltou a vencer na Série A do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time pernambucano derrotou o Santos (que foi a campo sem Neymar e Ganso) por 2 a 1, na Ilha do Retiro, e ganhou uma sobrevida na briga para sair da zona de rebaixamento.

Com os três pontos, os recifenses (que não venciam desde o longínquo 15 de julho, quando superaram a Portuguesa por 2 a 1) foram a 19, ultrapassaram o Palmeiras e assumiram a 17ª posição, a primeira da degola.

Na próxima quinta-feira, o adversário do Sport será justamente o Palmeiras, em São Paulo. Já o clube santista enfrentará, no mesmo dia, o Fluminense no Rio de Janeiro.
O jogo

Sem vencer desde a nona rodada, o Sport animou seu torcedor no começo da partida. Logo aos 3min, por meio de uma antiga dupla do São Paulo, o time pernambucano abriu o placar. O lateral direito Cicinho cruzou e, após a bola atravessar a pequena área inteira, o meia Hugo escorou para vencer o goleiro Rafael.

Desfalcado de Paulo Henrique Ganso (com uma contusão na coxa esquerda) e Neymar (fora devido uma indisposição estomacal), o Santos não conseguiu esboçar uma reação. Com um meio-de-campo formado por Adriano, Arouca, Gerson Magrão e Felipe Anderson, a equipe paulista criou pouco no primeiro tempo. A melhor chance ocorreu aos 29min. Felipe Anderson cruzou pela direita, mas André, mesmo se jogando, não alcançou.

Para piorar, o time do técnico Muricy Ramalho viu os mandantes ampliarem antes ainda do intervalo. Na marca dos 36min, o atacante Felipe Azevedo recebeu pela esquerda, levou para o meio e chutou colocado. A bola desviou em Bruno Peres e atrapalhou o arqueiro Rafael, que nada pôde fazer: 2 a 0 Sport.

Para a etapa complementar, o Santos voltou mais ofensivo (o jovem Victor Andrade entrou no lugar de Juan). E, desta forma, conseguiu descontar. Aos 6min, Durval lançou Gerson Magrão, que carregou e cruzou. Oportunista, André escorou para as redes.

A situação do Santos melhorou ainda mais aos 13min. O zagueiro Edcarlos parou André com falta dura e, como já tinha cartão amarelo, foi expulso. A partir de então, a equipe alvinegra armou uma blitz até o apito final (Bill entrou no lugar de Gerson Magrão), mas pecou na pontaria e contabilizou a segunda derrota consecutiva no campeonato.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Daniel Alves e Juanfran são dúvidas no São Paulo para jogo contra o Cruzeiro
BRASILEIRÃO

Daniel Alves e Juanfran são dúvidas no São Paulo para jogo contra o Cruzeiro

CLÁUDIO HUMBERTO

Exemplo de dedicação ao próximo

Confira o seu astral para esta terça-feira
OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta terça-feira

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta terça-feira: "A educação está doente"

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião