quinta, 19 de julho de 2018

Copa 2014

SP oficializa candidatura para sediar a imprensa

27 JAN 2011Por Terra14h:23

A cidade de São Paulo está oficialmente na briga para ser a sede da imprensa mundial na Copa do Mundo de 2014. Em cerimônia realizada nesta quinta-feira, no prédio da prefeitura de São Paulo, o caderno de encargos e o vídeo institucional da candidatura paulista foram apresentados à imprensa. O clima era de otimismo em transformar o pavilhão do Anhembi na sede do Centro Internacional de Transmissão (IBC).

O documento será entregue ao Comitê Organizador Local (COL) da Fifa nesta sexta-feira, data final para apresentação das candidaturas. Além de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro são candidatas a sediar o IBC em 2014. Para o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, a cidade é favorita tanto na disputa pelo Centro de Imprensa quanto pela cerimônia de abertura da Copa. A final já está confirmada no Maracanã.

- Existe um caderno de encargos da Fifa, e atendemos 100% dos quesitos. Estamos 100% habilitados, e não vamos precisar de nenhuma intervenção no Anhembi para que ele seja escolhido como sede da Central de Transmissão para a Copa - garantiu o prefeito.

- Dos quatro principais eventos que envolvem a Copa do Mundo, queremos trazer três deles para São Paulo: a abertura no futuro Estádio do Corinthians, os congressos da Fifa no futuro Centro de Pirituba e agora fazer do Anhembi o Centro Internacional de Transmissão. Estamos muito otimistas em atender essa meta - acrescentou.

Entre os envolvidos na candidatura paulista, o otimismo é grande pois dificilmente Brasília e Rio de Janeiro atingiriam o caderno de encargos paulistas para sediar o IBC.

Presente na cerimônia, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, destacou as facilidades oferecidas pela cidade, como uma ampla rede hoteleira e uma extensa linha de ônibus e metrô. Além disso, as obras de ampliação nos aeroportos - principal problema da candidatura paulista na abertura da Copa - começam a ser aprovadas. As obras de ampliação do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, já têm licença prévia aprovada e já podem começar.

Fielzão praticamente garantido

Com o acordo firmado entre Corinthians e a Construtora Odebrecht, a abertura da Copa também está mais próxima da cidade de São Paulo. Segundo a prefeitura, até maio deste ano todas as aprovações necessárias para o início das obras do estádio devem estar resolvidas. No entorno do Fielzão, mais de R$300 milhões devem ser investidos pelo governo em obras de infraestrutura.

- A expectativa do Corinthians, que é o proprietário da área (em Itaquera) devido a uma lei aprovada alguns anos atrás, é iniciar as obras em maio. O Corinthians contratou a Odebrecht para fazer o estádio, e ela está bastante otimista com o cumprimento desse prazo - afirmou Kassab.

Leia Também