Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SP fecha mês mais chuvoso da história

1 FEV 10 - 07h:06
O estado de São Paulo, que teve 69 mortes ligadas a tempestades nos últimos 40 dias, encerrou ontem o mês mais chuvoso de sua história, segundo a Defesa Civil. Os dados recolhidos pela Universidade de São Paulo (USP) desde os anos 1930 e pelo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) desde 1996 coincidem ao apontar que nunca antes choveu tanto sobre São Paulo em um único mês. Técnicos da estação meteorológica do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP na zona norte da cidade confirmaram à Agência Efe que neste mês já foram superados os 628,9 milímetros, muito acima do recorde anterior, registrado em 1989 (424,9 milímetros). Os números de janeiro são ainda muito superiores à média histórica para o mês na estação, que ronda 220 milímetros. Um especialista em análise de riscos do CGE, ligado à prefeitura da capital, também disse que a média nas 31 estações espalhadas pela cidade é de 455,3 milímetros. Segundo o CGE, a marca anterior para um mês de janeiro estava nos 318,8 milímetros, registrados em 1999. São Paulo vive uma série de dias chuvosos que praticamente não é interropmida desde 23 de dezembro.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Jesus perde pênalti, Messi volta com gol e Argentina amplia o jejum do Brasil
AMISTOSO

Jesus perde pênalti, Messi volta com gol e Argentina derrota o Brasil

Assinantes de TV paga receberão alertas de desastres naturais em MS
A PARTIR DE SEGUNDA

Assinantes de TV paga receberão alertas de desastres naturais em MS

Apreensão de cocaína pela Receita bate recorde em 2019
QUASE 50 TONELADAS

Apreensão de cocaína pela Receita bate recorde em 2019

Botafogo e Fla são denunciados no STJD e correm risco de perder mandos de campo
FUTEBOL

Botafogo e Fla são denunciados no STJD e correm risco de perder mandos de campo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião