Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Sony revela o Project Morpheus, óculos de realidade virtual para PS4

19 MAR 14 - 12h:30adrenaline

A Sony enfim revelou seu óculos de realidade virtual na GDC 2014. O Project Morpheus (Projeto Morfeu, em tradução livre) é um gadget desenvolvido para o Playstation 4, e seu protótipo foi apresentado ao público da Game Developers Conference.

"Nada entrega mais imersão que a VR (realidade virtual)", afirmou Suhei Yoshida, presidente da Sony Worldwide Studios. Segundo Yoshida, o Project Morpheus é resultado de três anos de trabalho, e é um sonho de muitos da comunidade gamer.

O óculos de realidade virtual da Sony funciona através de uma tela de resolução FullHD com ângulo de visão de 90 graus, e irá trabalhar em conjunto com a PS Camera e o Playstation Move para aumentar a imersão do jogador. Através de sensores como giroscópio e acelerômetro, o Project Morpheus é capaz de perceber os movimentos da cabeça do jogador, e replicar o ponto de visão.

Especificações técnicas

  • Head-mounted unit 
  • Display: 5 polegadas LCD 
  • Resolução 1920x1080 (960x1080 por olho) 
  • Campo de visão: 90 graus
  • Sensores: acelerômetro e giroscópio 
  • Conectividade: HDMI e USB (em seu estágio protótipo)
  • Funções: Áudio 3D e Social Screen  

O periférico do Playstation 4 trará também áudio em 3D, sendo que possui fontes de som vindo de cima, da esquerda, da direita e de trás, com o processamento do próprio gadget garantindo a imersão.

A Sony já anunciou games que terão demonstrações com o Project Morpheus durante a GDC, que incluem o EVE Valkiere (CCP Games), Thief (Eidos Montreal), e dois jogos de demonstração da própria Sony, The Castle e The Deep.

Por hora, o óculos funciona através de um cabo de aproximadamente cinco metros com conexões USB e HDMI, porém o plano é que sua versão final opere através de uma conexão sem fios. Não foi divulgado uma data oficial para lançamento do produto, então é melhor que seus potenciais compradores façam como aqueles que sonha com o Oculus Rift: esperem pelo seu lançamento, seja lá quando for.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CONVIDADO PARA PALESTRAR

Bretas barra viagem de Temer a Oxford

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta sexta-feira: "Normas para todos"

ARTIGO

Ângela Maria Costa: "A falácia da participação popular"

Integrante do Conselho Municipal de Educação
OPINIÃO

João Badari: "Concessão de aposentadoria poderá ficar mais difícil"

Advogado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião