Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Sol libera sua mais forte erupção de 2014

5 MAR 14 - 05h:00Jornal Ciência

O pico de atividade solar parece estar começando a desaparecer.

Mas, nossa estrela não ‘planeja’ sair do seu Máximo Solar de modo tão calmo. O Sol apareceu com uma enorme mancha que lançou labaredas de classe X 4.9 – o maior de 2014.

Devido à localização específica da mancha, exatamente no sudeste do Sol, não espera-se que a ejeção de massa coronal tenha algum impacto em satélites ou sistemas de comunicação de rádio aqui na Terra.

“Emissões de ondas de rádio da ejeção de massa coronal sugerem uma velocidade de expansão de quase 2 milhões de metros por segundo. Se tal ‘nuvem’ em movimento atingisse a Terra, as tempestades geomagnéticas resultantes poderiam ser graves. No entanto, devido a sua trajetória ser longínqua, elas vão passar apenas de raspão”, declarou oficialmente o site Space Weather.

Em 28 de janeiro de 2013, uma emissão de classe M – o segundo alargamento mais forte depois dos de classe X – saiu do Sol com uma grande quantidade de raios-X, adentrando o espaço profundo.

Hoje os cientistas conseguem observar uma camada de baixa atmosfera solar, logo acima da superfície, chamada de cromosfera, com resolução inacreditável. No entanto, as sondas enviadas para observar o Sol, não podem observar toda a estrela, então os pesquisadores tentam prever quando ocorrerá as atividades solares.

As labaredas solares são, na verdade, poderosas rajadas de radiação. Sua energia viaja na velocidade da luz para chegar à Terra em apenas 8 minutos. Aqui na Terra, nossa camada na atmosfera chamada ionosfera consegue absorver a radiação emitida. No entanto, quando a erupção é extremamente forte, consegue interferir e prejudicar sistemas que dependem de satélites como GPS, TV por assinatura, telefonia, internet, etc.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Fortaleza: Bombeiros buscam sobreviventes em prédio que ruiu; uma pessoa morreu

ECONOMIA

Pan, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

ECONOMIA

Superintendência do Cade decide arquivar inquérito contra bandeiras de cartões

BRASIL

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião