Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

JOGOS DE INVERNO

Sochi 2014: Brasil compete no esqui cross country com 2 atletas

Sochi 2014: Brasil compete no esqui cross country com 2 atletas
11/02/2014 07:32 - TERRA


Depois de ver Jaqueline Mourão estrear a participação brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno, no domingo, com o 77º lugar no biatlo sprint de 7,5 km, o País voltará a ser representado nesta terça-feira, em Sochi, na Rússia. Jaqueline volta a competir e, assim como Leandro Ribela, encara o esqui cross country estilo livre.

A prova feminina terá início às 8h (de Brasília), e Jaqueline prevê dificuldade, depois de aprovar a 77ª colocação na estreia, diante de 84 competidores – a brasileira errou apenas um dos nove tiros do biatlo. “Essa será a minha prova mais desafiadora aqui em Sochi. Eu sou uma atleta de resistência, de longa distância, e esta é uma prova rápida”, avisou.

Já Leandro chega à sua segunda edição de Jogos de Inverno mais preparado do que em Vancouver 2010, quando competiu em outra prova – distance. “Neste ciclo, além do trabalho físico, nós fizemos um trabalho de ciências do esporte, com o uso da cinemática, buscando a eficiência dos movimentos. Também trabalhei a parte psicológica, para estar sempre focado e render o máximo na hora da prova”, explicou. Sua prova começa às 8h25 (de Brasília).

As disputas começam com cerca de 110 atletas, que percorrerão o traçado de pouco mais de 1 km largando com uma diferença de 10s entre si – a tomada de tempo é individual. Os 30 melhores avançam de bateria, e por fim os seis mais rápidos competirão em eliminatórias até a definição do medalhista de ouro.​

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?