Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SANTA CATARINA

Sobem para oito as cidades em emergência em SC devido às chuvas

Sobem para oito as cidades em emergência em SC devido às chuvas
15/03/2011 11:52 - Folha


Subiu para oito o número de cidades de Santa Catarina em situação de emergência em decorrência das chuvas que atingem a região. Os últimos municípios a fazerem o decreto são Ilhota, Nova Trento, Pomerode e Rio Negrinho.

Já as que já estavam em emergência são Brusque, Santo Amaro da Imperatriz, São João Batista e Schroeder. Ao todo, mais de 620 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas dos últimos dias e 25 cidades relataram problemas.

Além disso, mais de 14 mil pessoas tiveram que deixar suas casas. De acordo com a Defesa Civil, 13.501 pessoas estão desalojadas, ou seja, estão em casa de parentes ou amigos, e outras 820 estão desabrigadas --precisaram ser encaminhadas para abrigos públicos.

A cidade de Mirim Doce está em estado de calamidade pública, mas é em decorrência das chuvas de janeiro. Já Rio dos Cedros, no Vale do Itajaí, chegou a decretar calamidade, mas o decreto não foi reconhecido pelo governo Estadual, que avaliou o município.

PARANÁ

A Defesa Civil do Paraná confirmou na manhã desta terça-feira a terceira morte em decorrência das chuvas no Estado. Dois dos óbitos aconteceram em Morretes, devido a um deslizamento de terra, e outro em Honório Serpa, após a vítima ter sido levada por uma enxurrada.

Devido às chuvas, a cidade de Morrete decretou estado de calamidade pública, enquanto Guaratuba e Paranaguá decretaram situação de emergência.

Ao todo, quase 25 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas em todo o Estado, sendo que mais de 10 mil tiveram que deixar suas casas. Dessas, 8.843 pessoas estão desalojadas, ou seja, estão em casas de amigos e parentes, e outras 1.477 estão desabrigadas --precisaram ser encaminhadas para abrigos públicos.

Felpuda


A tal estratégia de jogar informações nas redes sociais com objetivo de prejudicar adversários está começando a gerar reações. Uma dessas figurinhas vai ter de explicar, na Justiça, o por quê de postagem trazendo suspeitas pesadas contra cabeça coroada, que não gostou nadica de nada de ver o seu nome sendo usado como “bucha de canhão” para fins eleitoreiros. Vem chumbo grosso por aí! E sai debaixo!...