Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Sobe para 8,7 mil os mortos no terremoto que atingiu a China

12 MAI 2008Por 16h:54
     

Da redação

 

O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, declarou que a situação no sudoeste da China é mais séria que o estimado depois do terremoto que assolou a região nesta segunda-feira (12). "A situação é pior do que o estimado previamente, e precisamos de mais gente aqui para ajudar", disse Wen, no centro dos serviços de emergência chineses em Dujiangyan, a 100 km do epicentro do terremoto.

O sismo, de magnitude 7.8, foi sentido nesta segunda-feira em áreas densamente povoadas da província de Sichuan. Mais de 8,7 mil pessoas morreram em conseqüência do tremor, de acordo com a agência de notícias Xinhua. Estimativas dão conta de cerca de 10 mil feridos.

Com informações do site G1

 

Leia Também