Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Sobe para 232 número de mortos no Congo

5 JUL 10 - 06h:42
KINSHASA

Autoridades locais revisaram para ao menos 232 o número de mortos e indicam que há também 107 feridos pela explosão de um caminhão-tanque na sexta-feira à noite na República Democrática do Congo. Entre os mortos haveria cerca de 60 crianças.
O fato ocorreu na localidade de Sange, região de Uvira, na Província de Kivu Sul, cujo governador, Marcellin Cisambo, confirmou os números aos jornalistas locais e constatou no lugar a destruição causada pelo incêndio que ocorreu após a explosão.
Ainda no sábado, oficiais da ONU e da Cruz Vermelha descreveram cenas devastadoras na cidade de Sange. Casas foram queimadas e corpos jogados pelas ruas. Além das vítimas que tentavam saquear a gasolina do caminhão, muitos morreram em suas casas e num cinema próximo no momento da explosão. A maioria dos corpos foi carbonizada e está irreconhecível, disseram autoridades locais.
Segundo a polícia, o fogo da explosão se propagou em dezenas de casas em Sange, todas basicamente feitas de terra e palha. Já o acidente do caminhão teria acontecido por um excesso de velocidade.
As autoridades congolesas começaram o sepultamento dos mortos em valas comuns, devido à dificuldade de identificação, já que os corpos estão totalmente carbonizados, segundo explicou ontem aos jornalistas locais o vice-governador de Kivu Sul, Jean-Claude Kibala Nkolde.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ESCLARECIMENTOS

Bolsonaro justifica ao STF falas sobre Dilma e Santa Cruz

Fala sobre Dilma foi genérica, segundo o presidente
BASQUETE

Brasil volta a vencer a China em amistoso antes do Mundial

Estreia na Copa do Mundo está marcada para 1º de setembro
NO TWITTER

Ministro critica Macron: 'calhorda' oportunista buscando apoio do lobby agrícola

Weintraub disse que os franceses estão enfrentando mesmas ameaças que brasileiros
SEM REPRESENTANTES

Brasileiros perdem e ficam fora das primeiras finais no Mundial de Judô

País ainda terá mais 16 atletas na competição em Tóquio

Mais Lidas