terça, 17 de julho de 2018

Sob tensão, bolivianos participam de referendos

1 JUN 2008Por 16h:10
     

        Da redação

        Em meio a um ambiente de muita tensão, moradores de regiões amazônicas da Bolívia compareceram hoje à votação dos referendos por autonomia, que desafiam as mudanças na Constituição prometidas pelo presidente de esquerda, Evo Morales.
        Com a vitória do "Sim" quase assegurada para os estatutos dos distritos de Beni e Pando, onde o governo e seus partidários fizeram campanha pela abstenção, o tema a ser definido agora é o grau de participação dos cidadãos nas consultas sem observadores internacionais.
        A convocação à resistência em áreas rurais foi atendida parcialmente, com bloqueios a várias estradas e queima de ao menos uma quinzena de urnas de votação, em incidentes que, segundo a imprensa local, deixaram ao menos três camponeses simpatizantes do mandatário indígena feridos.
        Morales condenou as consultas nos distritos amazônicos por ilegalidade, como fez com o primeiro referendo para aprovar o estatuto de autonomia, realizado em 4 de maio, no rico distrito oriental de Santa Cruz, o motor econômico do país.
        

Leia Também