Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Sob protestos, Assembleia encerra sessão

24 SET 2010Por 07h:47

Protesto contra suposto esquema de pagamento de propina a autoridades levou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jerson Domingos (PMDB), a encerrar a sessão de ontem. Pelo menos quatro vezes ele pediu silêncio ao público. Os manifestantes, por sua vez, não se calaram e, aos gritos, pediam a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar vídeo no qual o deputado estadual Ary Rigo (PSDB) aparece revelando pagamento mensal a parlamentares, ao Ministério Público Estadual (MPE), ao Tribunal de Justiça e ao governador André Puccinelli (PMDB).
A sessão durou cerca de meia hora e só oito parlamentares foram ao plenário. Diante de 150 pessoas gritando, com faixas na mãos, apitos e nariz de palhaço, Jerson informou que a Mesa Diretora acionou a Corregedoria para ouvir Rigo. Com o relatório do corregedor (deputado Maurício Picarelli, do PMDB) em mãos, eles decidirão o futuro do deputado na Assembleia.
“Na próxima terça-feira, vamos protocolar abertura de CPI para apurar os fatos e se possível afastar o governador do cargo”, disse o presidente do Centro de Defesa de Direitos Humanos (CDDH), Paulo Ângelo de Souza. Com o fim da sessão, os manifestantes seguiram até o MPE e ao MPF, onde protocolaram pedido para afastar os envolvidos no caso. (LK)

Leia Também