terça, 17 de julho de 2018

Situação na embaixada brasileira em Honduras é tensa

25 SET 2009Por 19h:30
      Os dois funcionários da Embaixada do Brasil em Honduras que permanecem no prédio com o presidente deposto, Manuel Zelaya, informaram que,

à tarde havia cheiro de gás. O presidente deposto afirmou que se trata de um gás tóxico. Ele acredita que a ação foi coordenada pelos militares que cercam a embaixada desde a última segunda-feira (21).

Zelaya disse que o episódio afasta a possibilidade de diálogo com o governo golpista. ?Como essas pessoas não respeitam os direitos humanos, o diálogo se deteriora. É muito difícil conversar com elas.?

Nas últimas horas, havia a expectativa de avanço nas negociações para pôr fim à crise. O diálogo estava sendo mediado por quatro dos seis candidatos à Presidência de Honduras.

Com informações da Agência Brasil

Leia Também