Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

APOSTA

Site presta consultoria virtual para as micro

Site presta consultoria virtual para as micro
03/03/2014 16:45 - FOLHAPRESS


A consultoria via internet para microempreendedores individuais e microempresários é a aposta de negócio de Victor Santos, 27 e Felipe Souza, 27, fundadores da Negocioteca.

O site funciona como um consultório virtual, em que especialistas em administração oferecem consultoria via internet para empreendedores que estejam enfrentando alguma dificuldade no mercado.

Os usuários podem pedir ajuda em seis módulos: marketing e vendas, gestão financeira, processo operacional, atendimento ao cliente, gestão de pessoas e ambiente de trabalho.
"O que mais vemos são empreendedores com problemas em marketing e vendas: captação de clientes, divulgação etc", diz Santos.

O primeiro passo é realizar um diagnóstico. O empresário se cadastra no site e explica qual é a sua dificuldade. Depois, preenche um formulário com informações sobre o negócio.

"Com base nisso, nós montamos um relatório diagnóstico, indicando os pontos que merecem atenção e que podem estar atrapalhando o desempenho da empresa", afirma.

Esse serviço é gratuito. Se o usuário quiser receber auxílio dos consultores da empresa para resolver os problemas diagnosticados, ele pode contratá-lo.

São três planos: "faça você mesmo", para quem já tem alguma bagagem em gestão e quer apenas receber um plano de ação; "faça com a ajuda de um consultor", em que o empresário recebe auxílio para executar o plano; e o "seu consultor para você", em que tudo fica por conta da Negocioteca.

Para contratar uma das opções, o empresário paga um valor que vai de R$ 195 a R$ 595.
Depois da consultoria inicial, o usuário pode optar por pagar uma assinatura mensal de R$ 50 para continuar recebendo auxílio sempre que precisar.

No ar desde março de 2013, o site realizou cerca de 200 diagnósticos até agora, com uma taxa de conversão de 10% em consultorias vendidas. O investimento inicial para montar o negócio foi de R$ 5 mil.

Para 2014, a meta é fechar o ano com 500 consultorias vendidas e um faturamento de R$ 250 mil.  

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...