Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Site permite ao cidadão denunciar mau atendimento no SUS

14 MAR 14 - 07h:00portal a tarde

A Associação Médica Brasileira (AMB) juntamente com sociedades de especialidade e Associações Médicas Regionais lançaram, nesta quarta-feira, 12, o projeto Caixa Preta da Saúde. Site colaborativo, o Caixa Preta da Saúde permite que cidadãos enviem denúncias de mau atendimento médico em unidades de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) em qualquer lugar do Brasil. A população também poderá contribuir pelas redes sociais Twitter e Facebook.

Com esta iniciativa, a AMB pretende mapear os problemas da saúde pública do Brasil e estimular a população a denunciar as condições encontradas nos hospitais, postos de atendimento e demais unidades de saúde. As pessoas podem enviar fotos e vídeos, apresentando os locais procurados e as dificuldades enfrentadas na busca por serviços de saúde, públicos ou não.

O site é de fácil utilização. Basta clicar no mapa e enviar a denúncia. A equipe do projeto caixa-preta da saúde fará a análise do material e, após esta análise, a denúncia entrará na web. Segundo a AMB, a intenção não é resolver todos os problemas do setor somente com o Caixa-preta da Saúde, mas sim mostrá-los como realmente são, dando voz aos que mais precisam - os usuários do sistema público de saúde.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vale a Pena: foi muito bem pensada a escolha de Avenida Brasil na Globo
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Vale a Pena: foi muito bem pensada a escolha de Avenida Brasil na Globo

Conheça as novas tendências de cuidados para a pele
SKINCARE

Conheça as novas tendências de cuidados para a pele

SAÚDE

Alerta: Doenças graves sob risco de pandemias globais

Dia da Oportunidade atrai mais de 200 visitantes em Bataguassu
INFORME PUBLICITÁRIO

Dia da Oportunidade atrai mais de 200 visitantes em Bataguassu

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião