quarta, 18 de julho de 2018

Energia

Sistema elétrico muda pouco após blecaute em 18 estados

10 NOV 2010Por VERA HALFEN20h:16

As poucas providências tomadas e as consequências verificadas, mostra que mudanças serão necessárias para otimiazar o setor elétrico no País. Exatamente um ano após o blecaute que afetou 18 estados brasileiros, pouco foi feito.

As fiscalizações da Aneel foram realizadas e responsabilizaram nove empresas, principalmente a Eletrobras Furnas, pelo ocorrido. O ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, questiona a qualidade dos fiscais e afirma que as condições climáticas é que resultaram no apagão.

Mas mesmo no grupo de trabalho formado no âmbito do Comitê de Monitoramento do Setor elétrico (CMSE) chegou-se a conclusão que a hipótese de raios é a mais provável, mas não pode ser comprovada.

Em investimentos, por enquanto, estão contabilizados apenas os R$ 7 milhões emergenciais realizados para proteger a subestação de Itaberá, ponto de origem do apagão do ano passado, de chuvas mais intensas.

Com informações do Gás Brasil.

Leia Também