Campo Grande - MS, terça, 14 de agosto de 2018

MUNDO

Síria prende mulheres e opositores

1 MAI 2011Por ESTADÃO03h:12

As forças de segurança da Síria prenderam no sábado dois veteranos da oposição e um grupo de mulheres manifestantes como parte de uma operação contra os ativistas pró-democracia, disseram grupos de direitos humanos.

A organização de direitos humanos síria Sawasiah informou que as forças de segurança mataram ao menos 560 civis desde que os protestos começaram há pouco mais de seis semanas.

Agentes de segurança prenderam Hassan Abdel Azim, de 81 anos, em Damasco, e Omar Qashash, de 85 anos, em Alepo, na Síria, segundo o centro para a defesa de prisioneiros.

Outros ativistas de direitos humanos disseram que as forças de segurança prenderam 11 mulheres que marcharam em uma demonstração silenciosa só de mulheres no distrito de Salhyia em Damasco no sábado.

A marcha foi em apoio aos moradores da cidade de Deraa, para onde o presidente Bashar al-Assad enviou tanques para oprimir uma revolta contra seu governo.

Leia Também