sábado, 21 de julho de 2018

Sindicato promove seminário sobre Lei de Assistência Técnica e Extensão Rural

18 AGO 2010Por 13h:30
     

        O Sinterpa (Sindicato dos Trabalhadores em Instituições de Extensão Rural, Pesquisa e Assistência Técnica, serviços Agropecuários e afins de Mato Grosso do Sul) por meio da presidente Teresinha Arantes convida a todos para o seminário: Lei de ATER (Assistência Técnica e Extensão Rural) que ocorre nesta quinta-feira (19/08). O evento será realizado a partir das 7h30 no auditório do Sindicato Rural de Campo Grande.

O objetivo do encontro é nivelar e debater o conhecimento da categoria de trabalhadores sobre a operacionalização da Lei 12.188/2010 que trata da Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária e do Programa Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária, ambos alteram a Lei 8.666, de 21 de junho de 1993.

O palestrante que falará sobre a Operacionalização da Lei de ATER é Argileu Martins, técnico do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário). Logo depois, será apresentado um painel sobre a experiência na Convergência de Políticas de Desenvolvimento Rural em Ivinhema, ministrado por Emilson Fernandes, técnico do programa do Governo Federal Territórios da Cidadania. Além do prefeito da cidade, Renato Câmara, e dos técnicos da Agraer. A consultora de empresas do Sebrae, Adriana Gregório, discorrerá o tema Clima Organizacional e Relacionamento Interinstitucional.

Depois de uma pausa para o almoço, às 13h30, inicia um ciclo de debates divido em grupos, onde será discutida a operacionalização da ATER como serviço de educação não formal, de caráter continuado, no meio rural. Também será abordado o processo de gestão, incluindo produção, beneficiamento e comercialização das atividades e dos serviços agropecuários e não agropecuários, até as atividades agroextrativistas, florestais e artesanais. O coordenador dos grupos é Carlos Gonçalves, diretor executivo do CEDRS (Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável), que apontará as Oportunidades, Expectativas e Ameaças da Lei de ATER.

Às 14h30 será realizado um debate entre os grupos e na plenária as novas propostas criadas pelos técnicos serão redigidas como documento que irá para Brasília. Mais informações no 3351-0206.

Leia Também