quinta, 19 de julho de 2018

Sindicalistas querem apoio da bancada de MS contra fator previdenciário

23 ABR 2008Por 14h:57
     

 

 

Lideranças sindicais do Estado querem o apoio da bancada federal de Mato Grosso do Sul, especialmente da Câmara Federal, para aprovação do projeto de lei que acaba com o fator previdenciário. Criado no governo Fernando Henrique Cardoso, o fator previdenciário é um mecanismo aplicado no cálculo de aposentadoria dos trabalhadores por tempo de contribuição e por idade, sendo opcional no segundo caso.

 

O Senado aprovou o projeto na semana passada. Os sindicalistas através de suas confederações, federações e centrais sindicais, exerceram importante papel nesse processo. Agora eles querem conscientizar os deputados sobre a importância de aprovar a matéria.

 

O coordenador geral do Fórum Sindical dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul ? FST/MS, José Lucas da Silva, presidente da Feintramag (Federação Interestadual de Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias) disse hoje que "é palpável a crueldade do fator previdenciário que, por diminuir o valor da aposentadoria em até 30%, acaba obrigado o trabalhador a voltar ao trabalho". Então, segundo ele, o trabalhador continua recolhendo para a Previdência e, ao ser obrigado a parar, por idade ou pressão do mercado, nada recebe em relação a esses anos trabalhados a mais. "Isso é inconcebível", afirmou José Lucas.

Leia Também