domingo, 22 de julho de 2018

Sindicalistas protestam contra demissões na Embraer

20 FEV 2009Por 15h:12
     

         

         

Os empregados da fabricante de aeronaves brasileira Embraer realizam protestos por conta da decisão da empresa em demitir 20% de seu quadro de funcionários, o equivalente a mais de 4 mil postos de trabalho.

As demissões começaram na tarde de ontem (19) e atingiram empregados das unidades do Brasil, Estados Unidos, França e Cingapura. O setor mais atingido foi o da mão de obra da produção, que, segundo a empresa, teve uma queda de 30% desde o início da crise. 

        Com informações do G1

Leia Também