SAÚDE

Sinais no rosto podem mostrar se há algo errado em seu corpo

Sinais no rosto podem mostrar se há algo errado em seu corpo
24/06/2012 08:35 - terra


Bochechas, queixo, testa e sobrancelhas podem dar pistas sobre o andamento resto do corpo. Segundo o site Ask Men, a tradicional medicina chinesa utiliza a análise da face há séculos em seus diagnósticos. Apesar de não ser uma ciência exata, é possível, através da observação da face, descobrir se algo não está bem, seja física ou emocionalmente.

Bochechas
As bochechas estão intimimente ligadas ao sistema respiratório. Quaisquer mudanças nelas, como erupções cutâneas, podem indicar que algo não vai bem com seu corpo, incluindo a falta de oxigenação. Além disso, a área pode sofrer com a rosácea e quando se consome café ou álcool em excesso, a situação pode piorar.

Boca
Os lábios refletem o que acontece em todo o aparelho digestivo. Manchas e falta de cor nesta região significa que há problemas no intestino, inchaço no aparelho digestivo e até mesmo intolerâncias alimentares. Já quando os lábios ficam secos é sinal de que o corpo precisa de água. E quando as gengivas sangram pode ser sinal de que o PH do estômago está muito elevado.

Queixo
Problemas nos rins e bexiga podem ser descobertos através da análise do queixo. Quando esta região apresenta espinhas há uma boa chance de você estar sofrendo de tensão. Isso reflete no trabalho das glândulas suprarrenais e na liberação do cortisol, o hormônio de resposta ao estresse.

Testa
O centro da testa pode mostrar problemas no sistema digestivo. Se ela aparenta vermilhidão e escamações certamente você está se alimentando mal. Gorduras, carnes processadas, laticínios e álcool em exagero podem ser os responsáveis por isso.

Sobrancelhas
A sua situação emocional estará estampada ali, entre as sobrancelhas. Mostrar uma testa franzida logo acima dos olhos exige que você trabalhe as suas emoções, principalmente os sentimentos negativos como a raiva 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".