Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Siemens teria pago propina a grupo de Roberto Jefferson

Siemens teria pago propina a grupo de Roberto Jefferson
02/03/2014 07:00 - momentoverdadeiro


O grupo do ex-deputado Roberto Jefferson, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), teria recebido propina da Siemens, de acordo com informações divulgadas no jornal O Globo. Para obter contratos com os Correios em 2005, a empresa alemã teria pago pelo menos R$ 150 mil.
De acordo com o jornal 'O Estado de S. Paulo', as planilhas encontradas em computadores de dois ex-diretores dos Correios indicam o esquema. Segundo a publicação, Jefferson controlava politicamente a empresa pública. E foi por suspeita de estar envolvido em desvios financeiros nos Correios que ele denunciou o esquema do mensalão.

Os dois ex-diretores da estatal, em que as planilhas que indicam a propina foram encontradas, são Maurício Marinho e Fernando Godoy, ambos réus, ao lado de Jefferson, na ação penal do Ministério Público aberta para investigar o caso.

O contrato dos Correios com a Siemens, que também é alvo das investigações do cartel de trens que atuou nos governos tucanos em São Paulo, é no valor de R$ 5,3 milhões e prevê o fornecimento de sistemas eletrônicos de movimentação e triagem de carga. De acordo com o Ministério Público, na prática, a propina, de 3% do valor total do contrato, servia para obter informações privilegiadas sobre licitações para fraudar o processo e vencer as disputas.

Felpuda


Acontecimentos policiais de grande repercussão deverão refletir seriamente na jornada de uns e de outros. Os cortes nos “tentáculos do polvo” os deixaram sem respaldo para enfrentar a maratona que há tempos participam, e com sucesso. Ao mesmo tempo que ficaram sem o aconchego financeiro, afastaram-se do abraço, até então muito amigo, preocupados com o ditado popular que afirma:  “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”.